O amor: a pior e mais perigosa droga

“Em linhas gerais, a abstinência vem da palavra ‘abster’, que significa ‘privar do exercício de uma função ou direito’, ou seja, a abstinência é caracterizada quando o ser humano deixa de fazer coisas que até então faziam parte do seu cotidiano.”

E quando a abstinência é amorosa?! Quando alguém lhe dá altas doses de carinho, atenção, respeito e, por algum motivo, some. E você fica com a angustiante sensação de que agora não é mais algo passageiro. Que agora você precisa e sente uma absurda necessidade disso. Pois bem, vou – lhes relatar a minha incrível crise de abstinência de amor.

Como o próprio post titula, é como uma droga mesmo.Começou com aquela inocente e “controlável” vontade de experimentar. Algo que me chamava atenção bem antes. E eu que até então achava que nem chegaria perto, agora me vejo presa. De tal maneira que não sei como nem quando essa extrema vontade começou a exercer tão grande poder em mim. Mas talvez, bem lá no fundo, eu soubesse que chegaria a esse ponto, ou quisesse.

Em uma bela – sim, realmente bela! – tarde, começo a perceber que não! Naquele dia não tomaria a satisfatória dose de minha droga. Duvidosa, confusa, mas deliciosa, que com uma palavra é capaz de me transportar para um mundo onde tudo é perfeito. Quando se é dependente, só o fato de saber que não vai conseguir o objeto de sua satisfação emocional, as mãos começam a ficar frias e trêmulas, um frio toma conta de seu corpo, como se não houvesse um órgão vital sequer. Perdem – se os sentidos, não se sabe onde estão as coisas, não se sabe onde está e nem importa! Se começa a andar de um lado a outro, porque você simplesmente não consegue mais ficar parada, pois seria assustador não conseguir controlar os movimentos. E, finalmente, num ato desesperador, a vontade de chorar (porque, apesar de tudo, ainda é uma abstinência de amor. Há sentimento!).

E sabe qual é pior sensação de todas? É saber que começo a descobrir o que é estar realmente apaixonada…

Anúncios
O amor: a pior e mais perigosa droga

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s